Sanofi

10 coisas a aprender com pessoas altamente criativas

O que torna uma pessoa criativa? O que é criatividade? Muitas pessoas acham que é algo que um dia foram em crianças, mas que a maioria de nós já perdeu, excepto uns quantos excêntricos que conseguiram obter cobiçados empregos de "criativos" na idade adulta.

A ciência tem mostrado que, das mais variadas maneiras, todos somos criativos, mas que a criatividade assume muitas formas. Então, o que podemos fazer para utilizar desta flexibilidade cognitiva?

Aqui ficam os alguns hábitos para que a sua criatividade flua.

1. Seja apaixonado

A paixão é o combustível emocional que inflama a criatividade, mas é apenas o início da aventura criativa. As pessoas que querem realmente realizar as suas ideias criativas equilibram o entusiasmo inicial com a estratégia realista e as ações deliberadas que as aproximam dos seus objetivos finais. Vá em frente e siga a sua paixão, mas certifique-se de que não o faz cegamente - defina metas e siga um caminho em direção a estas.

2. Deixe a sua mente divagar

Apesar de tudo o que é dito na escola e pelos pais, as pessoas criativas sabem que sonhar acordado é uma das partes mais importantes para se ter ideias, e não é, certamente, um desperdício de tempo. Deixar a mente divagar pode levar a grandes melhorias no pensamento criativo, e pode ajudá-lo a relaxar o suficiente para ter a ideia brilhante de que precisa. Uma dica que pode seguir é tirar pelo menos 5 minutos a cada hora para se deixar divagar. Desenhe, rabisque, ou vá esticar as pernas. Uma escritora com quem trabalhei fazia sestas de 20 minutos debaixo da sua secretária, acordava e escrevia continuamente durante 3 horas. Experimente algumas dessas ideias e veja como pode influenciar o seu trabalho!

3. Passe algum tempo sozinho

Quando se está constantemente rodeado por outras pessoas, a mente concentra-se nelas e nas coisas que acontecem ao redor. Isto pode impedi-lo de refletir, que é o que precisa para se concentrar e conseguir a auto-reflexão que a mente criativa precisa. As melhores ideias não tendem a chegar quando estamos totalmente comprometidos com o mundo exterior, pelo que precisa de ter tempo para si mesmo. Aproveite todas as oportunidades que conseguir para refletir, fazer novas conexões e encontrar um novo significado. Passar tempo sozinho pode não ser sempre bem aceite na sociedade moderna, mas é crucial para despertar a criatividade, os seus pensamentos e o seu mundo interior.

4. Use a intuição

Pode já ter ouvido falar de uma teoria denominada de teoria do "cérebro lento e rápido" ou "pensar rápido e lento". A intuição é uma grande parte deste sistema, com o "cérebro rápido" a ajudar a fazer novas conexões ao conhecimento existente, ajudando a gerar ideias criativas, e o "cérebro lento" a explorar estas ideias e a trabalhar os seus usos e aplicações. É difícil dar dicas sobre como usar ativamente a sua intuição cerebral "rápida" e "lenta", mas absorver o máximo de conhecimento possível sobre o seu processo criativo seria um bom começo, e depois siga o seu instinto!

5. Mantenha a mente aberta

Manter a mente aberta em relação a novas experiências irá ampliar os seus horizontes e expor a sua mente a uma nova inspiração e a novos caminhos para a criatividade. O desejo de aprender pode ter um impacto muito mais profundo na qualidade do trabalho criativo do que puro intelecto por si só, por isso deve esforçar-se para aprender o máximo que conseguir, sempre. Se quer melhorar a sua criatividade, deve tentar um novo método ou tentar expressar-se num meio diferente. Isto pode ser tão simples como ir por um caminho diferente para o trabalho ou estar com pessoas com diferentes interesses dos seus, para que possa aprender. Abrir a mente irá ajudá-lo de muitas maneiras diferentes com a sua criatividade, o que significa que está mais aberto à mudança, à inovação e às ideias dos outros, bem como a sugestões sobre como melhorar o seu próprio trabalho criativo.

6. Seja focado

Apesar de estar consciente do momento presente, sem distração ou julgamento, ser uma habilidade essencial para quem procura alegria e satisfação em sua vida, isto é particularmente importante para quem quer ser um pensador mais criativo. Ser mindful, ou consciente, pode ser benéfico para si de várias formas, por exemplo, ajudando-o com a concentração durante o desempenho de tarefas, mantendo a sua capacidade de atenção, sendo empático e mostrando compaixão, e até mesmo melhorando a sua compreensão e aprendizagem. Muitas destas características andam lado a lado com criatividade, por isso tente estar consciente do que está a fazer e de com quem trabalha ao longo do dia.

7. Seja sensível

Para além de ser mindfulness ou consciente, um carácter de natureza sensível anda muitas vezes de mãos dadas com a criatividade. Pessoas sensíveis estão em sintonia com os seus sentimentos e os sentimentos dos que as rodeiam. Estas pessoas ligam os pontos entre ações, reações e emoções. A sensibilidade também pode significar estar mais consciente do ambiente que o rodeia, e o impacto que o mundo tem nos seus sentimentos. Quer se trate de sons, aromas, paisagens, ou apenas algo que sentem, as pessoas sensíveis estão em contato com o mundo.

8. Brinque

Não tenha medo de deixar sair a sua criança interior. Estudos mostraram que a mistura entre momentos de trabalho e de lazer são benéficos para os adultos. Com o tempo, isto pode levar a maiores momentos de inspiração, maior esforço e crescimento criativo em geral.

9. Encontre o final feliz

As coisas nem sempre acontecem como gostaria. Muito sinceramente, nas indústrias criativas, as coisas raramente são como gostaria, por isso é importante ser capaz de experenciar a perda e derrota de uma maneira positiva. Se pensar sobre o quanto a arte e criatividade foram inspiradas na luta e sofrimento, vai perceber que as emoções negativas podem ser um catalisador para a produzir um trabalho criativo incrível. O segredo é usar as experiências negativas para a aprendizagem, em vez de ser consumido por estas e desistir.

10. Pense fora da caixa

Ninguém descobriu nada de novo pensando da mesma forma que todas as outras pessoas. Se as pessoas criativas têm uma coisa em comum, é a sua falta de vontade de serem mantidas dentro dos limites da caixa da forma convencional ou 'normal' de pensar. Ao escolher fazer as coisas de forma diferente, os pensadores criativos aceitam os riscos de incerteza e fracasso, mas também abrem as portas à inovação e à descoberta. O segredo da aplicação deste princípio a sua vida diária é, de forma muito simples, "não tenha medo do fracasso". Irá falhar centenas, se não milhares de vezes antes de chegar à resposta certa ou descobrir algo novo. A tentativa e o erro são os pais da invenção, por isso não tenha medo de usá-los para fazer nascer as suas - não importa quão confuso fica!

CONTE A SUA HISTÓRIA

Preencha o formulário abaixo e submeta-o à equipa Pharmaton®.

Fale-nos de si

Ao submeter esta história, consinto que o seu conteúdo seja adaptado
e publicado no website Pharmaton®.
*CAMPOS OBRIGATÓRIOS